Novo CD, “Boombox Arcade”, relaciona faixas a fases de jogo de videogame e conta com participações especiais de Manu Gavassi, Buchecha, Sevenlox, Volk e Jay Vaquer! Confira o bate-papo que a nossa equipe teve com Dan, Dave e DH!
Click aqui e escute o álbum completo na página da banda no facebook!
Hot 3 “Boombox Arcade”: Em Choque, Nunca Ninguém Morreu de Amor (participação: SevenLox), Be Like Us.
Foto: Rogério Soeiro
 
1) Qual foi o “não” mais doloroso que vocês já receberam no início da banda antes de assinarem contrato com a Universal Music e emplacarem com o hit Garota Radical?
DAN
: No início, quando você assume a responsabilidade sobre tudo da banda, o “não” mais doloroso é viajar de Estado em Estado para tocar, as vezes sem ganhar nem um trocado e, bem na hora do show, o contratante diz que não vai rolar mais ou que a banda não vai poder tocar mais por falta de tempo. Isso aconteceu muito com a gente e ainda acontece com bandas novas.
 
2) No início a banda era formada por apenas quatro integrantes, como se deu a entrada do Dash a banda CINE? Vocês o consideram o pé de coelho da banda?
Dave
: O Dash entrou para o Cine em um momento crucial. Ele estava no estúdio com a gente, nos ajudando na gravação do disco, e como o Flashback tinha muitos elementos eletrônicos, synths e não queríamos que esses sons saíssem do nada no show, ele se convidou pra entrar na banda e assumir essa parte e nós topamos! rs.
 
3) Vocês todos fizeram faculdade? Que tipo de aluno vocês eram? Chegaram a trabalhar na área na qual estudaram?
Dave
: Bom, acredito que só eu e o DH que atuamos na área em que estudamos. Eu em Banco de Dados, ele como Diretor de Arte. Eu não era dos melhores alunos da sala, mas sempre cumpria com as minhas atividades e nunca decepcionava.
 
4) Vocês abriram grandes shows internacionais no Brasil. De todos eles, qual artista foi mais receptivo e/ou vocês puderam ter mais contato?
Dave
: Os que tivemos mais contato foram os caras do McFly, Cobra Starship e FTSK. Jonas Brothers e Justin Bieber só vimos passar perto, sem muita conversa. Acredito que não por antipatia, mas sim pela rigorosa segurança que os envolvia.
 
5) Quase toda trabalhada na onda dos alargadores, o precursor da moda foi o Dash. Já ocorreu algum fato trágico-cômico envolvendo o acessório?
Dave
: Em uma de nossas viagens, o Dash perdeu um dos alargadores e, no aeroporto, resolveu pegar a tampa de uma pimenta para colocar no lugar, só pra não ficar sem. Péssima ideia! Rolou uma bela inflamação e quase nosso menino perde a orelha (risos). E pra galera que quer utilizar o acessório, assim como tattoo, procure sempre por profissionais na área. É sempre a melhor solução.
 
6) Dan, você se inspirou no personagem Guy Patterson do filme “The Wonders – O sonho não acabou” ao adicionar os óculos escuros como uma espécie de marca pessoal?
DAN
: Gosto muito do filme e já me perguntaram sobre isso antes, mas na verdade nem foi inspirado no Guy, foi simplesmente porque em dois shows seguidos eu acabei eventualmente usando os óculos e vendo fotos depois gostei! É quase um diferencial, fica aquele visual mais artista! rs. Também é infalível pra esconder olheiras e a cara de cansado algumas vezes!
 
7) Vocês consideram o xadrez o novo “pretinho básico”?
DAN
: O xadrez teve seu auge, mas agora já está passando. O que está pegando agora é essa onda “hipster”, um visual retrô e até mais social.
 
9) Quais são os planos para 2012? O Boombox Arcade já está na praça… Já pensam num novo DVD ao vivo?
Dave
: Estamos para lançar um EP com alguns remixes das músicas do Boombox Arcade ainda em breve e queremos trabalhar várias músicas desse disco. Acreditamos que ele teve uma aceitação bacana nesse novo mercado e vamos trabalhar em cima disso com clipes novos, rádios, internet e sim, um DVD ao vivo.
 
10) Como funciona o método de composição de vocês? Geralmente o que surge primeiro: tema, letra, batida…?
Dave
: Varia muito. Algumas vezes surge de uma batida, de uma melodia de voz, violão.
 
11) Como foi participar da gravação do DVD “Essencial” do cantor mexicano Christian Chavez?
Dave
: Recebemos o convite da noite para o dia. Ficamos bastante surpresos e aceitamos de imediato. Fomos muito bem recepcionados pela equipe, e até mesmo pelo Christian. Foi demais essa participação e acredito que logo vocês poderão ver como ficou.
 
12) O que vocês têm ouvido de música ultimamente?
Dave
: Jay Vaquer
 
13) Como surgiu a parceria com o cantor carioca Buchecha que resultou na música “Reset”?
Dave
: Já tínhamos a música e sempre sonhamos com uma participação do Buchecha. Somos muito fãs do cara e fizemos um convite meio que com “receio”. Mas a aceitação, de imediato, nos empolgou demais. Ele veio até São Paulo e gravou conosco no estúdio. Foi sensacional estar perto do cara.
 
14) Conte-nos sobre o projeto da marca All Animals Die. Onde os fãs poderão encontrar os produtos além do merch oficial da banda?
DH
: A animals é uma marca que sempre tive vontade de fazer. Os fãs e pessoas interessadas poderão comprar tanto no nosso show quanto na internet. Para ficar ligado na Animals é só acessar o site (http://www.allanimalsdie.tumblr.com/), e o merch do Cine é só buscar por Domination Merch no Facebook e seguir os passos!
  
A banda CINE documenta seu dia a dia nas estradas em pequenos episódios para seu canal no Youtube.

Fonte: http://yopop.com.br/life/exclusiva-conversa-randomica-com-a-banda-cine/
 





Leave a Reply.

    Agenda

    Junho
    Dia 27 na Barra-RJ (HSBC Arena)
    Dia 30 em São Paulo (Inferno Club)

    Julho
    Dia 21 em São Paulo (Clube Atlético Juventus)
    Dia 28 em São Paulo (Hangar 110)

    Agosto
    Dia 19 em São Gonçalo-RJ (Vibeshow)
    Dia 25 em Avaré-SP (Parque de Exposições Fernando Cruz Pimentel)

    Setembro
    Dia 22 em Belém-PA (Botequim)

    Mais informaçõeshttp://fcdanmeuhomem.weebly.com/agenda-shows.html

    Arquivos

    Junho 2012
    Maio 2012
    Abril 2012
    Março 2012
    Fevereiro 2012
    Janeiro 2012
    Dezembro 2011

    estatisticas gratis